5 livros para ler e relaxar durante as férias

Viajar é sempre uma experiência prazerosa, mas o planejamento para que tudo saia perfeito e o cansaço do deslocamento são momentos extremamente estressantes e que dificilmente podem ser evitados.

No entanto, é possível transformar essas horas desgastantes em momentos relaxantes ao entrar em outros universos e participar de outras histórias, afastando-se do stress e da correria da viagem. Além disso, ler nas férias é a solução ideal para dar conta da crescente lista de leitura que é impossível de dar conta no dia a dia.

Para isso, só é necessário um bom livro e um tempinho ocioso. Poucas coisas funcionam tão bem para combater o tédio e o nervosismo de uma viagem e podem ser levadas na mala para qualquer lugar, uma diversão que nunca envelhece!

Quer dicas de leitura para relaxar durante as férias? Continue a leitura!

1. Livro para ler a qualquer hora

Toda Poesia, de Paulo Leminski

Um livro de fácil leitura que reúne a maior parte das poesias de Paulo Leminski, leve e extremamente divertido, convida o leitor a fazer reflexões interessantes sobre o cotidiano. As poesias são acessíveis e uma boa pedida até para aqueles que não se identificam muito com o gênero.

De estrofes curtas e irônicas, os poemas podem ser lidos em qualquer ordem, quebrando um pouco do compromisso da leitura progressiva.

2. Livro para ler com tempo de sobra

Na Natureza Selvagem, de Jon Krakauer

Um livro denso e questionador, que leva o leitor a intensas reflexões e tem como tema uma longa viagem. Jon Krakauer conta uma história verídica de alguém que abandona tudo para viajar pelo mundo e conhecer não só novos lugares, mas também a si mesmo.

É uma obra que instiga o leitor, deixando-o constantemente curioso para descobrir qual o próximo passo do personagem principal e que levanta, de forma muito contundente, questionamentos sobre o que é importante na vida e o porquê. Uma excelente leitura para quem está prestes a cair na estrada!

3. Livro para desestressar

O Projeto Rosie, de Graeme Simsion

De forma leve, o enredo se apresenta com a proposta de desmistificar os planejamentos, mostrando que existem coisas na vida que não podem ser planejadas.

Simsion explora a relação entre um cientista acostumado a regras e cronogramas com uma mulher que foge a todas as expectativas, provando que o amor não pode ser planejado como uma ciência, mas que deve ser encarado com naturalidade quando aparece.

4. Livro para viver descobertas

O cão dos Baskervilles, de Sir Arthur Conan Doyle

Nesta aventura de Sherlock Holmes, é possível acompanhar o famoso detetive em mais um de seus casos. O cenário de mistério é uma certeza de que o leitor ficará preso na trama do começo ao fim.

Sir Arthur pinta com maestria os personagens, criando um clima de descobertas e convidando o leitor a criar suas próprias teorias sobre o caso que se desenrola nas páginas.

5. Livro para ler com lencinhos do lado

Um dia, de David Nicholls

A partir de uma proposta interessante, o autor se dispõe a contar a história de amor de um casal de forma inusitada: ele descreve apenas um dia por ano na vida desses personagens, desde o começo da relação até o momento final.

Com o passar dos anos, é possível conhecer Dexter Mayhew e Emma Morley ao longo de duas décadas e acompanhar o amadurecimento da relação que eles constroem.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe este post nas redes sociais e ajude seus amigos a escolher o que ler nas férias!